Tutorial ASP.NET 2.0 – O Bom e velho Olá Mundo

Vamos incluir o famoso “Ola Mundo” inserindo no evento Load o código Abaixo

Dim Mensagem As String = ""

Response.Write("Ola mundo!")

Nesse código estamos declarando uma variável do tipo string e vamos escreva na página utilizando o comando Response.Write.

O código da página fica assim:

Partial Public Class _Default

Inherits System.Web.UI.Page

Protected Sub Page_Load(ByVal sender As Object, ByVal e As System.EventArgs) Handles Me.Load

Dim Mensagem As String = ""

Response.Write("Ola mundo!")

End Sub

End Class

Para exibir a página temos 3 opções.

  1. Utilizar o servidor Internet Information Service, conhecido como IIS
  2. Rodar a aplicação utilizando o menu Debug


Podemos utilizar a opção Start Debugging ou Star Without Debugging

  1. Podemos clicar com o botão direito em cima do arquivo e escolher a opção View in Browser

Como não pretendemos debugar o código, vamos rodar a aplicação usando ctrl + f5

Repare que ele criou uma página com a frase Ola Mundo! , veja que como rodei o aplicativo de dentro do Visual Studio, ele utilizou o ASP.NET Developement Server, que seria uma espécie de IIS interno do Visual Studio.

Technorati Tags: .NET, VB.NET, ASP.NET 2.0, SQL Server 2005, Tutorial, Apostila

Tutorial ASP.NET 2.0 – Introdução ao VB.NET

 

A sintaxe do VB.NET é muito semelhante ao VB 6 , por isso grande parte dos programadores VB se sentem a vontade em começar a programar com VB.NET. Mas essa semelhança é perigosa já que mesmo programando do jeito VB 6, ou seja, não orientado a objeto os programas irão funcionar.

Vamos criar nosso primeiro projeto para que possamos ir testando todos os exemplos:

1) File  –> New –>  Project

2) Selecione a Opção ASP.NET AJAX – Enabled Web Application

Observação: Para essa opção aparecer você deve ter instalado o Ajax.Net e o (SP1 do Visual Studio ou a atualização conhecida como WEB Application) instalado.

Foi criado um projeto  com um diretório chamado My Project , onde podemos alterar todas as propriedades do projeto. E mais dois arquivos o web.config que configura algumas opções da aplicação e pode guardar valores globais, e o Arquivo Default.aspx

Clicando em Show all files, serão apresentados mais alguns arquivos:

Temos então os seguintes arquivos:

Defaul.aspx(Possui o código Visual, HTML + CSS + Javascript + Controles ASP.NET)

Defaul.aspx.designer.vb (Possui as definições dos controles )

Defaul.aspx.vb (Possui o código que será rodado no servidor)

 

Agora que temos o projeto vamos criar nosso primeiro código. Vamos editar o arquivo default.aspx.vb, veja abaixo o código inicial.

Partial Public Class _Default

Inherits System.Web.UI.Page

Protected Sub Page_Load(ByVal sender As Object, ByVal e As System.EventArgs) Handles Me.Load

End Sub

End Class

 

Technorati Tags: .NET, VB.NET, ASP.NET 2.0, SQL Server 2005, Tutorial, Apostila

Tutorial ASP.NET 2.0 – Arquitetura WEB

Para quem está iniciando é sempre bom lembrar a arquitetura dos sistemas web, vamos lá então …
Toda aplicação web seja ela desenvolvida com linguagem compilada ou interpretada funciona da mesma forma, ou seja, enviamos uma solicitação para o servidor e recebemos de volta HTML/CSS/JavaScript/XML/arquivo, ou seja, recebemos um conjunto de bytes .

Partindo disso então temos que não podemos acessar recursos locais da maquina, como criar arquivos locais, alterar resolução do monitor, etc. Usando javascript podemos saber a hora local da maquina e sua resolução mas não podemos alterar essas informações.

Se precisarmos acessar recursos locais temos duas alternativas, criar um ActiveX que devera ser instalado pelo usuário, podendo então acessar a maquina local através de nosso sistema web. Mas o uso de ActiveX não deve ser utilizado a não ser que seja extremamente necessário, o melhor seria desenvolver uma aplicação Windows quando há a necessidade de acessar dados locais da maquina do usuário.

Outro fato interessante das aplicações web é que elas trabalham desconectadas, parece estranho já que temos que estar conectados na internet ou rede. O que quero dizer com desconectada é que a requisição é feita ao servidor e quando o servidor responder, pronto não há mais uma conexão entre as duas partes. A única coisa que temos é um número que será utilizado na próxima solicitação, esse número é chamado de SessionID.

Por trabalhar de forma desconectada é que surge a necessidade de sempre submeter todos os dados para o servidor, mesmo quando utilizamos AJAX estamos enviando todos os campos do formulário, só que ignoramos o que não nos interessa naquela chamada. Ou seja, não existe interação sem post-back que é o nome que damos a ação de enviar os dados para o servidor e receber uma resposta, resposta essa que geralmente reflete de alguma forma na página atual.

 

Tutorial ASP.NET 2.0 – Requisitos

Para acompanhar os tutoriais será necessário o SQL Server 2005 Express , Visual Studio 2005 ou Visual Web Developer Express ambos com o SP1 http://msdn2.microsoft.com/pt-br/vstudio/bb265237.aspx , ASP.NET 2.0 AJAX Extensions 1.0 e ASP.NET AJAX Control Toolkit http://ajax.asp.net/downloads/default.aspx?tabid=47.

Vamos utilizar o tipo de projeto Web Application, pois ele possui algumas facilidades para quem esta vindo da versão ASP.NET 1.1 e também desktop. E ao meu ver ser mais produtivo que o projeto padrão Web Site

 

Iniciando meu Blog

Após adiar alguns meses finalmente estou iniciando meu blog, estarei seguindo duas linhas de post.

A maioria dos posts será um tutorial que pretendo ir melhorando com o intuito de transformá-lo  em breve em um livro, e o segundo post serão links e dicas. Ambos os post sempre baseados no ambiente de desenvolvimento Microsoft.

Semanalmente estarei publicando em média de 2 a 4 posts (pode cobrar 🙂 ) , dependendo do trabalho e das novidades da semana. 

Technorati Tags: